O que fazer com os 500 reais do FGTS?

A liberação dos saques imediatos do fundo de garantia tem mexido bastante com os trabalhadores, sobretudo quando eles pensam em como aproveitar adequadamente esse dinheiro. Antes de considerar as formas de uso do saque imediato do FGTS, vale lembrar que muitos trabalhadores receberão mais que R$ 500,00, considerando quantas contas eles têm no PIS/PASEP e com algum saldo disponível.

Primeira sugestão – quitar o máximo de dívidas

Há um grande número de devedores em 2019 e vale a pena utilizar o dinheiro do FGTS para fazer um acordo com a instituição credora e acabar com a dívida. Mesmo que a dívida seja antiga e o valor seja alto, muitas empresas acham vantajoso fazer um acordo para pagamento mais baixo e à vista.

Caso se trate de uma dívida feita em boletos, pode ser muito bom pagar várias parcelas de uma vez para garantir mais tranquilidade. Dependendo das parcelas restantes e do seu valor, todas elas podem ser quitadas com o saldo do FGTS.

Segunda sugestão – investir

O melhor destino para a quantia que sobrar é o investimento, ainda que seja pouco dinheiro. Nesses casos, uma das formas mais rentáveis de investir é o CDB, mas o cidadão pode ir à sua agência bancária perguntar sobre outras possibilidades de aplicação do dinheiro.

A pessoa que já tem um investimento pode colocar o dinheiro do FGTS neste mesmo ou até diversificar. Entretanto, é indicado pedir orientações no banco ou na agência de corretagem, especialmente quando o trabalhador não entende bem como cada investimento funciona.

É errado fazer compras com o saque imediato do FGTS?

O trabalhador que não estiver endividado e que não tem interesse em investir atualmente pode sim usar o saldo do seu FGTS para proporcionar lazer a ele próprio e à sua família ou amigos. É imprescindível dizer: fazer um investimento é um meio de o fundo de garantia se multiplicar, mas há pessoas que preferem proporcionar um momento inesquecível aos entes queridos com esse dinheiro.






Comentar