Pedido de isenção da taxa de inscrição Enem 2019

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) acontece sempre no último trimestre do ano e ajuda os estudantes a garantir a sua participação em cursos de ensino superior. Todas as suas etapas são feitas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e há uma taxa de inscrição que, ainda que baixa, é inviável para muitos. Devido a isso, o INEP oferece milhares de isenção.

Como fazer o pedido de isenção em 2019

Os dois domingos de prova já estão com suas datas definidas: serão nos dias 3 e 10 de novembro. Os pedidos de isenção, porém, têm de ser feitos com antecedência: a impossibilidade de pagar a taxa tem de ser indicada já na inscrição, que está programada para ser entre 6 e 17 de maio.

O INEP faz um site especial para cada edição do ENEM e ele ainda não está disponível para 2019: provavelmente, só será colocado no ar em abril. Quem quiser fazer a prova terá se cadastrar-se com o CPF e preencher todos os dados pedidos.

Uma informação importante é que, desde a edição de 2018, os candidatos precisam pedir a isenção antes de o período de inscrição começar: entre 1 e 10 de abril. No caso de a pessoa ter faltado na prova do ano passado também deverá usar esses dias para fazer a justificativa.

Para saber quando o site da edição de 2019 estará liberado, deve-se acessar http://portal.inep.gov.br/web/guest/inicio, descer a página até “Principais avaliações e estudos do INEP” e clicar em “ENEM”.

Para quem a isenção de taxa é permitida?

A isenção no ENEM 2019 é possível para qualquer cidadão que tenha renda per capita de dois salários mínimos. Além disso, quem a pede deve ter sido bolsista integral (caso tenha estudado em escolas privadas durante o ensino médio) ou aluno de escola pública.

Algumas das questões que o INEP fez em 2018 para quem pediu isenção (e que podem ser repetidas este ano) são sobre a escolaridade atual, havendo questionário socioeconômico.




Comentar