Processo Seletivo IBGE Censo 2020 – Inscrições Abertas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) recrutará profissionais temporários para 2020 com vistas à realização do censo demográfico. Organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), serão 2.658 oportunidades e os contratados ficarão no IBGE por um ano, sob contrato que poderá ser estendido.

O processo seletivo atual prevê carga horária de 40 horas por semana e remuneração entre os R$ 1.700,00 e os R$ 3.100,00, sendo destinado aos agentes censitários operacionais (ACO) e ao coordenador censitário subárea (CCS).

Requisitos Processo Seletivo IBGE Censo 2020

É necessário ter a situação militar e eleitoral regularizada e os candidatos podem escolher entre apresentar a Certidão de Quitação Eleitoral ou os canhotos de votação.

Outros requisitos são ter 18 anos ou mais (obrigatório somente no momento da posse), ter carteira de motorista na categoria B (apenas para coordenador censitário) e também ensino médio para todos os cargos. A respeito da escolaridade, ela tem de ser comprovada com certificado reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Etapas Processo Seletivo IBGE Censo 2020

Será aplicada prova de múltipla escolha para ambos os cargos e todas com 60 questões; provavelmente, em 8 de dezembro. Os assuntos incluídos no conteúdo programático são Raciocínio Lógico Quantitativo, Língua Portuguesa e Ética no Serviço Público.

A FGV pode indicar os lugares de prova no edital de abertura ou em um futuro edital de convocação para prova. O tempo de duração previsto é de quatro horas, iniciando às 13h. Porém, é fundamental que o candidato inscrito esteja a par das retificações que a banca organizadora eventualmente publicará.

Edital Processo Seletivo IBGE Censo 2020

O edital deve ser lido na página da Fundação Getúlio Vargas: https://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibgepss2019.

Inscrições Processo Seletivo IBGE Censo 2020

O candidato deve fazê-las até 15 de outubro no site fornecido acima. A taxa de participação custa entre R$ 58,00 e R$ 42,50, destacando que as pessoas que estão no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) costumam ter direito à isenção. Indica-se consultar o cronograma de pedido de isenção e todas as diretrizes da FGV nesse caso.






Comentar