Processo Seletivo Prefeitura de Belém PA 2018 – Edital, Inscrição

Existem quase 630 novas oportunidades na Prefeitura de Belém (PA) referentes a 2018. Esse processo seletivo é para a Secretaria de Educação paraense e a maior parte das contratações será para técnico Pedagógico, com vagas também para docente de Sociologia, docente de Matemática, docente de História, assistente de Administração, docente de Filosofia, docente de Educação Infantil e outros.

Os inscritos para o processo seletivo de Belém podem ter qualquer escolaridade e ele será válido por 24 meses. Além das mais de 620 vagas que são para contratação imediata, haverá ainda cadastro reserva e estão incluídas as cotas referentes a pessoas com deficiência.

A banca organizadora é a Prefeitura de Belém e haverá entrevista e a análise da trajetória que está no currículo. As duas etapas serão tanto eliminatórias quanto classificatórias e é muito provável que o processo seletivo também tenha a avaliação e títulos na hora da classificação.

 Inscrição

São feitas com o http://www.belem.pa.gov.br/ até 10 de dezembro e não se precisa pagar taxa. Os candidatos com deficiência terão 5% das oportunidades e nenhum deles pode ter limitações em seus direitos políticos: é importante, por exemplo, que o título de eleitor esteja com o seu título sem nenhum bloqueio.

Os profissionais da Prefeitura de Belém precisam ter 18 anos e não ter sido dispensados do funcionalismo público anteriormente. Os temporários contratados serão anunciados em 7 de fevereiro, mas será feita uma lista provisória: é com base nela que os inscritos interporão recursos.

Todos os que forem aprovados terão de estar com os documentos de escolaridade no dia da nomeação, incluindo-se o diploma. Também é essencial que eles já tenham entrado na maioridade.

A carga horária na Secretaria da Educação tem de ser até as 40 horas por semana e os contratados vão receber de R$ 3.900,00 até os R$ 1.300,00, havendo contribuição previdenciária, bônus de acordo com o resultado e mais. O contrato com a Prefeitura de Belém dura um ano e os profissionais podem continuar trabalhando se o seu contrato for estendido.