Profissão COACH – O que é? 

O coach é um profissional que consegue orientar sobre contextos bastante numerosos: existe o coach para o trabalho, que pode colaborar para que aquela pessoa tenha um resultado determinado; existe o coach de performance, que serve para orientar quem precisa que suas apresentações sejam melhores, até em entrevistas de emprego e muito mais.

Pode parecer que basta que as pessoas deem conselhos para que elas se tornem coaches, mas não é assim: a profissão tem suas próprias técnicas e existe uma instituição que os regulamenta; trata-se do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC).

Para alguém ser coach, é obrigatório que tenha feito o curso de capacitação, inclusive que é apresentado pelo IBC, além de outras instituições. Existem algumas certificações extra que fazem com que esse indivíduo seja ainda mais qualificado, sendo International Association Of Coaching, European Coaching Association, Behavioral Coaching Institute, Global Coaching Community e International Coaching Council.

Perspectiva profissional

Existe uma grande quantidade de coaches na atualidade e, realmente, muitas pessoas podem fazer o curso da IBC ou de outros lugares e se tornarem profissionais nesse setor. Sobre as contratações, dependerá de qual é a categoria de coaches: para os de performance, por exemplo, pode ser comum a contratação em empresas, dizendo-se o mesmo para os coaches do trabalho em equipe.

Contudo, é muito comum que as pessoas que estão no ramo de coaching sejam autônomas: elas criam seus anúncios, fazem o seu networking e são contratadas individualmente para “treinar” determinada pessoa.

Um aspecto que deixa essa profissão mais interessante é que a maioria tem um horário flexível e muitos chegam a conseguir grandes honorários, apesar de que isso depende do tipo de cliente e ainda do prestígio. Entretanto, existem coaches que ganham até R$ 12.000,00 mensais.

O que é necessário?

É preciso, primeiramente, que um curso de Coaching reconhecido tenha sido feito e que esse indivíduo siga participando de congressos e de coisas que possam atualizá-lo cada vez mais. É indispensável que se crie um networking apropriado também, ou seja, que se faça sempre novos contatos.




Comentar