Programa PROGREDIR 2021 – Como fazer inscrição?

Além de ajuda financeira, as pessoas que fazem parte do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) necessitam de uma perspectiva e isso está associado à sua empregabilidade.

De fato, o grande desejo de quem está no CadÚnico, especialmente de quem recebe o Bolsa Família, é ter condições de oferecer o sustento aos familiares sem ser preciso auxílio governamental e o Programa Progredir é a solução para isso.

No Progredir, quem está inscrito no CadÚnico tem a chance de fazer um curso profissionalizante de modo 100% gratuito, conquistando mais autonomia e tendo maiores chances de sair do auxílio do governo federal.

Inclusive, muitos beneficiários que têm a vontade de conseguir empreender podem ter nesse programa todas as instruções necessárias.

Como se inscrever

Quem estiver no CadÚnico, não importando o benefício recebido, pode abrir o link https://www.gov.br/cidadania/pt-br/acoes-e-programas/progredir e clicar em “Acesse” para começar a se inscrever.

Logo depois, será necessário colocar o Estado e o CPF, sempre aquele da pessoa que está cadastrada no CadÚnico.

A seguir, o sistema do Ministério do Desenvolvimento Social fornecerá instruções para a participação no Programa Progredir.

Infelizmente, o governo federal só mostra as possibilidades de cursos quando o cidadão já está se inscrevendo e criou o seu cadastro. Por isso, é importante usar a etapa acima para descobrir que tipo de cursos o Progredir tem a oferecer em 2021, bem como as demais formas de assistência.

 

Programa Progredir também oferece oportunidades de emprego

Além de garantir a possibilidade de cursos que deem autonomia aos que estão no CadÚnico, o programa Progredir também facilita o encontro com um bom emprego.

Isso porque o Ministério do Desenvolvimento Social tem diferentes parceiros e eles asseguram chances profissionais a quem faz parte dos programas federais e se cadastram no Progredir.

Para saber quais as vagas e os parceiros, a pessoa que faz o cadastro mo link do programa precisa clicar em “Quero trabalhar”.

Já para quem está com problemas de baixa renda, mas ainda não é assistido pelo CadÚnico, é importante comparecer a um CRAS.