Quais empresas podem ser abertas pelo MEI?

Por conta do alto custo para empreender no Brasil, o governo federal criou uma alternativa já usada por milhões de pessoas: é o programa Microempreendedor Individual (MEI). A intenção é que mais gente possa realizar o seu sonho de ter uma empresa, mas pagando menos impostos no seu começo.

Além dos custos mais acessíveis, o MEI também pode ter assessoria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). Este órgão é uma referência quando se trata da instrução de empreendedores com ou sem experiência, ajudando-os a entender quando é hora de mudar os investimentos, como melhorar estratégias de Marketing, como entender os impostos e muito mais.

Antes de cadastrar o CNPJ para empreender, é importante entender quais empresas podem ser abertas pelo MEI. Felizmente, elas abrangem vários segmentos, fazendo com que possa haver microempreendedores individuais exercendo várias atividades.

Que tipos de empresa um MEI pode abrir?

O microempreendedor individual pode exercer as seguintes funções, de acordo com o governo federal:

 

  • Adestrador de cães de guarda independente;
  • Astrólogo independente;
  • Beneficiador de castanhas independente;
  • Bordadeiro independente;
  • Cabeleireiro independente;
  • Comerciante de cal independente;
  • Distribuidor de água potável independente;
  • Encanador independente;
  • Estofador independente;
  • Fotocopiador independente;
  • Farinheiro de milho independente;
  • Guincheiro independente;
  • Gravador de carimbos independente;
  • Instrutor de Informática independente;
  • Instalador de lacustre independente;
  • Livreiro independente;
  • Locador de vídeo games independente;
  • Marmiteiro independente;
  • Motorista de aplicativo independente;
  • Peixeiro independente;
  • Pizzaiolo em domicílio independente;
  • Manteigueiro ou queijeiro independente;
  • Rendeiro independente;
  • Retificador de veículos automotores independentes;
  • Sorveteiro independente;
  • Transportador municipal independente;
  • Tanoeiro independente;
  • Tricoteiro independente;
  • Viveirista independente;
  • Vendedor de coelhos independente;
  • E muito mais

 

O microempreendedor individual pode ter empresas em vários outros departamentos, além dos listados acima. Para se informar, basta ir ao site do Portal do Empreendedor, clicar em “Formalize-se” e em “O que um MEI pode fazer”: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/.

É possível se cadastrar para ser MEI no mesmo site; bastará clicar na opção “Formalize-se”, à esquerda, e criar uma conta no Gov.br. O SEBRAE costuma solucionar dúvidas de quem tem medo de se formalizar: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae.




Comentar