Quais os direitos do trabalhador que contrai COVID-19?

Apesar de a COVID-19 assustar as pessoas que a contraem por causa do contexto de uma pandemia, os trabalhadores também têm outra coisa a pensar quando recebem um diagnóstico positivo parava doença: os seus direitos.

Afinal, há situações em que as pessoas contaminadas são arrimo de família, que precisam garantir o sustento dos demais. No entanto, mesmo quem não está nessas condições tem os seus direitos quando descobre que se contaminou com o coronavírus e é fundamental saber deles corretamente.

Auxílio doença

Alguns brasileiros ainda não sabem, mas as novas leis colocam o coronavírus no mesmo patamar de uma doença de trabalho. Afinal, muitos cidadãos a contraem enquanto precisam sair de casa justamente para trabalhar.

Dessa maneira, o principal direito ao qual esses indivíduos têm direito é o auxílio doença, que é pago durante o tempo em que essa pessoa estiver se recuperando. Geralmente, as pessoas levam 14 dias para se recuperar do coronavírus e, quando se pensa em uma doença do trabalho comum, os pagamentos ainda são feitos pela empresa nesse período.

Contudo, o paciente que demorar um pouco mais para se recuperar e, de acordo com o médico, precisar continuar em isolamento, pode pedir o auxílio doença do INSS. Isso pode ser feito ligando para o 135 ou baixando o app Meu INSS, que também tem um site.

Ideal é primeiro procurar o ambulatório da empresa, se houver

Muitas empresas têm ambulatórios e os trabalhadores que estão sentindo os sintomas da COVID-19 devem se dirigir a esse ambulatório e comunicar ao profissional de saúde. Provavelmente, ele encaminhará esse funcionário para um hospital a fim de fazer o teste.

Já quando não há ambulatório, é indicado procurar o chefe imediato e explicar que está sentindo sintomas condizentes com o coronavírus e que gostaria de se dirigir ao médico. É difícil que esse chefe cause alguma dificuldade porque ele também precisa proteger os demais funcionários.

Uma vez que um colaborador está com coronavírus, torna-se necessário colocar em observação todos os companheiros de turno, de setor, etc.




Comentar