Quando e como avisar a empresa que você está grávida

A gravidez é algo que pode ocorrer com muitas das funcionárias de uma empresa e não é motivo para que se tenha preocupação: quando contratam uma mulher, os gestores têm consciência da chance de ela precisar de licença maternidade em algum momento.

Porém, isso não deixa as gestantes mais tranquilas: muitas perdem noites pensando na melhor maneira de contar ao seu patrão sobre a gravidez. Entender quando e como avisar a empresa que você está grávida vai te dar mais segurança nesse processo.

Quando avisar a empresa que você está grávida?

A funcionária pode esperar até que o primeiro trimestre seja completo para comunicar a gestação. Isso porque os três primeiros meses costumam ser delicados e uma quantidade razoável de abortos acontece nesse período; sendo assim, é mais seguro avisar a empresa apenas quando esses meses foram vencidos e está tudo bem com a gravidez.

Isso não vale, todavia, quando a mulher está em uma gestação de risco: se for assim, a mulher pode ter a necessidade de ficar afastada ou de ter as suas funções adaptadas e será imprescindível ter uma conversa franca com o empregador.

Como avisar à empresa que você está grávida

Sobre a forma de avisar à empresa que você está grávida, a melhor maneira é conversando de forma sincera: contando com quantos meses se está, se a gestação está bem ou se ela é de risco, etc. Provavelmente, o chefe perguntará desde quando se sabe da gravidez e não há problema em dizer que se estava aguardando a passagem dos três primeiros meses para fazer o comunicado.

Como funciona o período até a licença maternidade

A gestante sai de licença no final da gravidez e, normalmente, retorna entre os quatro e seis meses de vida do filho, tudo isso com remuneração. Contudo, é relativamente normal que a grávida falte ao trabalho periodicamente para fazer exames de pré-natal. O patrão não pode impedir a gestante ou fazer descontos, mas ela precisa mostrar o atestado e avisar antecipadamente.





Comentar