Programas sociais

Quando será liberado o décimo terceiro do Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa do Governo Federal de cunho assistencial, tendo como objetivo principal ajudar as famílias que vivem na linha pobreza e extrema pobreza. Apesar de existir há mais de 20 anos, a iniciativa ainda gera dúvidas na cabeça dos beneficiários, especialmente quando o assunto é o repasse de um 13° salário.

Para sanar de uma vez por todas essa questão, nesta matéria, abordaremos a situação atual do também conhecido como abono natalino e as previsões para o ano de 2023. Dito isso, siga a leitura até o fim e não perca nenhum detalhe.

13° salário do Bolsa Família é envolto de polêmicas

O pagamento do 13° salário para os segurados do programa social tem sido um tema alvo de debates e muita confusão. Durante a sua campanha presidencial em 2018, Jair Messias Bolsonaro prometeu que pagaria o abono natalino se fosse eleito. Com a vitória, no ano seguinte, o repasse foi realizado, sendo a primeira e única vez que isso aconteceu na história. Vale lembrar que, na época, o Bolsa Família foi substituído pelo Auxílio Brasil.

Agora, na gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, já foi confirmado que não será feito o pagamento do abono natalino. Apesar das notícias falsas que circularam nas redes sociais, o Governo Federal foi enfático ao declarar que não há planos para retomar o repasse do benefício de fim de ano.

O 13° do Bolsa Família não será retomado por se tratar de um programa assistencial, de um complemento à baixa renda, e que não obedece à regra de um contrato de salário ou de previdência”, informaram as autoridades.

Paraibanos vão ser agraciados com o abono natalino

Indo na contramão dos outros estados brasileiros, o governo da Paraíba decidiu efetuar o pagamento do 13° salário do Bolsa Família, sendo uma medida exclusiva das autoridades paraibanas, sem ligação com o Governo Federal. Portanto, 693 mil famílias da região vão ser contempladas neste mês de dezembro.

O valor definido é de R$ 64 e será adicionado aos depósitos regulares. Vale frisar que, diferentemente dos outros meses, em dezembro, os pagamentos foram antecipados, começando no dia 11 de e encerrando-se no dia 22. Cabe destacar que a ordem dos repasses segue de acordo com o último dígito no Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário. A seguir, confira o calendário.

Cronograma de pagamentos

  • Segurados com NIS terminado em 1: depósito no dia 11 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 2: depósito no dia 12 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 3: depósito no dia 13 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 4: depósito no dia 14 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 5: depósito no dia 15 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 6: depósito no dia 18 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 7: depósito no dia 19 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 8: depósito no dia 20 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 9: depósito no dia 21 de dezembro;
  • Segurados com NIS terminado em 0: depósito no dia 22 de dezembro.

Bruno Gama

Jornalista do Vagas Abertas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo