Quanto será descontado de INSS com o novo salário mínimo 2020?

Quem é funcionário sob regime CLT, com carteira assinada, sabe que não receberá todo o salário mínimo em mãos. Afinal, o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) faz os descontos necessários a fim de que esse trabalhador possa se aposentar no futuro.

Contudo, as alíquotas de contribuição foram alteradas em 2020 e vale ressaltar que elas continuam sendo descontadas diretamente no demonstrativo de pagamento. A seguir, entenda mais de quanto será descontado com o novo salário mínimo.

Como funcionará o desconto

O INSS estabelece alíquotas com base na faixa de salário. Por isso, quem recebe um salário mínimo em 2020 terá um desconto fixo de 7,5%. Uma vez que o mínimo ficou estipulado em R$ 1.039,00, o valor mensal descontado pelo INSS é de R$ 77,92.

Na prática, então, o salário líquido dos funcionários com essa faixa de remuneração será de R$ 961,08, a menos que o empregador faça outros descontos secundários, como de co-participação em convênio médico.

É possível abrir mão do desconto do INSS em 2020?

É verdade que muitos trabalhadores ficam insatisfeitos por precisarem pagar 7,5% do seu salário todos os meses ao INSS. No entanto, vale a pena recordar que é isso que garante direito aos benefícios previdenciários no futuro. Por exemplo:

 

  • Auxílio doença;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Salário maternidade;
  • Aposentadoria por tempo de serviço;
  • Dentre outros

 

Sendo assim, o trabalhador não pode abrir mão do desconto de 7,5% do salário mínimo, a menos que ele não seja registrado.

Como acompanhar os descontos do INSS no salário mínimo 2020

Os trabalhadores podem confirmar facilmente se os descontos de INSS estão corretamente feitos. Uma das maneiras de fazer isso é consultando o comprovante de pagamento fornecido pelo empregador todos os meses.

Se preferir, o trabalhador tem a opção de acessar o site Meu INSS (ou a versão em aplicativo); este traz ao cidadão todas as suas informações previdenciárias, inclusive o extrato de contribuições já descontadas até o momento. Basta acessar https://meu.inss.gov.br/central/#/login?redirectUrl=/ e criar um login.




Comentar