Empregos

Saiba quanto ganha um comissário de bordo internacional em 2023/2024

Se o seu desejo é fazer carreira como comissário de bordo internacional, você está no lugar certo. A profissão oferece oportunidades de viajar pelo mundo todo e, de quebra, se hospedar nos melhores hotéis do planeta.

Além disso, a ocupação permite que o comissário conheça novas pessoas todos os dias, uma vez que isso faz parte da rotina de grande parte dos profissionais da aviação. No entanto, vale frisar que, apesar dos benefícios proporcionados pela profissão, seguir carreira na área exige esforço e demanda muitas responsabilidades.

Portanto, além do atendimento aos passageiros e à tripulação do voo, o comissário de voo internacional é encarregado de prezar pela segurança da aeronave e de todos aqueles que estejam dentro do avião. Com tudo isso em mente, saiba o que é necessário para ingressar no segmento.

Função do comissário de bordo internacional

O profissional em questão tem como principal missão garantir a segurança, tranquilidade e conforto dos passageiros e tripulação do avião. Por isso, é crucial que o comissário de bordo internacional seja uma pessoa comunicativa, simpática e paciente.

Logo, todo comissário de voo deve saber controlar situações complicadas, uma vez que deve-se transmitir autoridade e respeito e, principalmente, ter facilidade em se adaptar às situações diversas que podem ocorrer dentro da aeronave.

Vale destacar que a carreira de comissário de bordo internacional não exige formação superior. Entretanto, a profissão é bem rigorosa no que diz respeito aos cursos profissionalizantes (treinamentos e exames específicos). Mas, atente-se com a exigência da licença de Comissário de Voo, documento que aprova sua atuação na carreira. Outro ponto importante é ser fluente em mais de um idioma.

Requisitos para exercer a função

  • 1. Idade: é preciso ser maior de 18 anos;
  • 2. Altura: tudo depende da companhia aérea. Sendo assim, pesquisa sobre a empresa que deseja trabalhar;
  • 3. Formação Escolar: ter o Ensino Médio completo é obrigatório;
  • 4. Experiência profissional: não há exigência de experiência para área;
  • 5. Conhecimentos de idiomas: para a carreira de comissário de bordo internacional é imprescindível a fluência do inglês. Todavia, quanto mais idiomas souber, melhor será a sua comunicação e maiores serão suas chances de boas companhias aéreas te contratar;
  • 6. Curso em Escola de Aviação Homologada pela ANAC (Instituição CEAB): A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) exige a formação em curso específico. Ou seja, você deve escolher uma escola homologada que irá te preparar para a profissão. O CEAB oferece diversas matérias tanto para postura de comissários, como para maquiagem. Além disso, todos os alunos participam do treinamento de sobrevivência na selva.
  • 7.Exame da ANAC: após finalizar o curso de comissário, será preciso ser aprovado no exame da ANAC, cuja função é testar os conhecimentos adquiridos pelos alunos. A certificação desse exame é exigida para exercício da profissão.

Quanto um comissário de voo recebe em média?

Segundo o portal Vagas, a média salarial de um comissário de voo internacional é de R$ 10.901 por mês no Brasil. A remuneração variável dos profissionais em terras brasileiras é de R$ 2.903, variando entre R$ 2.313 e R$ 21.619. Frisamos que as estimativas salariais têm como base 27 salários enviados de forma sigilosa ao portal Glassdoor por pessoas que atuam como comissário de bordo internacional.

Bruno Gama

Jornalista do Vagas Abertas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo