Técnicas de Redação para Concursos e Vestibulares

A redação,na maioria dos casos, é mais importante do que a prova escrita, seja no vestibular ou no concurso público. Isso acontece porque, na prova escrita você tem a chance de acertar perguntas de várias matérias, ou seja, matérias nas quais você tem maior facilidade, consequentemente você conseguirá tirar alguma nota. Mas e no caso da redação?

O candidato que não tem intimidade com a criação de um bom texto, consequentemente não terá nenhuma chance em adquirir uma boa nota, justamente por isso é preciso ter algumas técnicas.

Técnicas para Redação

Primeiramente, você deve estar muito bem informado, pois você precisa de uma base de informações para conseguir repassar para o papel, e como você irá repassar algo que você não sabe?

Mas se não soubermos sobre o assunto ? Nem sempre será possível saber informações referentes ao tema oferecido pelo concurso, porém nesse caso você pode contar com sua imaginação, levando sempre em consideração o bom senso e também a realidade que envolve todo o assunto, pois você não pode criar uma fantasia em assunto sério.

A prática é a melhor forma de se adquirir conhecimento, por isso uma dica interessante é pegar lápis e papel e começar a criar sua própria redação. Ao terminar  faça a leitura de sua redação e leve em consideração os pontos que podem ser melhorados, risque esses pontos e refaça novamente sua redação até que fique na qualidade que você deseja.

Mais algumas dicas

Em assuntos que você não conhece ou não tem informações necessárias, não pode se criticar e nem levantar hipóteses que não são verdadeiras, pois os analistas levaram em consideração todos os detalhes, inclusive as informações que você colocou em sua redação.

Faça questionamentos, é uma ótima forma de facilitar sua escrita e também de chamar a atenção do leitor, que no caso será o especialista responsável por analisar sua redação. Tente fazer com que suas palavras convençam, sendo verdade ou não, você deve escolher um dos dois lados e fazer com que o leitor acredite.


 



Deixe um Comentário: