Trabalhar em Biguaçu – SC

Com mais de 67 mil moradores, a cidade de Biguaçu fica localizada em Santa Catarina e fica perto de São João Batista, Antonio Carlos e São José. Fundada no ano de 1833, ela alcança R$ 22.500,00 como Produto Interno Bruto per capita e fica a 17 quilômetros de Florianópolis. A população biguaçuense recebe até 2,4 salários mínimos como remuneração média.

Tipos de trabalho em Biguaçu SC

O gás natural é uma das indústrias mais importantes de Biguaçu e um dos motivos para que esse produto seja tão abundante é a distribuidora da empresa Petrobrás. A pesca e a agricultura também têm seu espaço na cidade, assim como a pecuária.

Vagas

A parcela da sua população que tem um emprego fixo é pouco maior que 22% e muitas dessas pessoas podem ter deixado uma cópia do currículo no local onde trabalham hoje. Por isso, quem procura por vagas agora em Biguaçu também deve manter alguns currículos impressos para deixá-los nas empresas.

Além disso, existe o Sistema Nacional de Empregos (SINE), no qual os biguaçuenses podem fazer cadastro rapidamente, de graça e visitar quantas vezes quiserem para visualizar as possíveis vagas anunciadas. Quem utiliza o SINE também tem a opção de pedir seguro desemprego e de emitir sua carteira profissional.

Candidaturas gratuitas também podem ser feitas com o Portal Emprega Brasil: https://empregabrasil.mte.gov.br/. O site solicita que uma região seja escolhida, assim como uma função profissional; com isso, o banco de oportunidades apresentará as vagas correspondentes. Se a pessoa não souber uma profissão exata para colocar, pode incluir somente uma categoria, como “Odontologia”, por exemplo.

O site Portal Emprega Brasil libera gratuitamente o app SINE Fácil: com o cadastro no SINE de Biguaçu, os trabalhadores passam a poder pesquisar as vagas virtualmente.

Onde fica o SINE de Biguaçu SC

Ele está disponível de segunda a sexta, entre as 13h e as 18h, e se encontra na Rua João Born, n° 190, no Centro. O número de telefone é (48) 3665 4424 e a Rua João Pessoa fica bem próxima.


 



Deixe um Comentário: