Trabalhar na Latasa Reciclagem 

A Latasa Reciclagem é uma companhia que atua com reciclagem de alumínio, começando há mais de duas décadas. Por ela ter um sistema integrado, ela alcança a reciclagem de quase tudo que recolhe, apresentando também 4 centros de fundição. O seu destaque já vem do começo dos anos 90, quando ela ficou conhecida porque fazia a reciclagem de latas.

Porém, foi no ano de 2013 que essa empresa de reciclagem conseguiu ainda mais renome: ela passou a ser parte de um grupo grande e que se dedica aos metais não ferrosos, sendo o Grupo ReciclaBR. Atualmente, a quantidade anual de alumínio que essa companhia consegue reciclar é imensa: são 200.000 toneladas, existindo pontos de coleta por 14 Estados. Além disso, ela participa de algumas associações, como a Abralatas e também a Abifa Sifesp.

Os produtos que ela recicla e que depois revende são vergalhões, placas RSI, linguotes, ligas de alumínio, metal líquido e ainda deox. A Latasa Reciclagem tem grande conhecimento sobre esses materiais e é por isso que ela não apenas recicla, mas que ela sabe dizer quais são as principais características de cada e em quais indústrias eles são mais aproveitados.

Uma parte grande dos seus centros de coleta, inclusive os que estão sendo construídos, fica no Estado de São Paulo, mas também há em Santa Catarina, no Pernambuco, no Rio de Janeiro, no Amazonas, no Rio Grande do Sul, em Goiás e outros. As suas plantas ficam em Mato Grosso do Sul e em São Paulo, que é onde fica o centro de distribuição.

Por que ser parte da Latasa Reciclagem?

Os materiais de alumínio que ela recicla são essenciais para uma série de industrias e os colaboradores da Latasa Reciclagem desfrutam de:

– Décimo terceiro;

– Café da manhã cortesia;

– Plano de carreira;

– Benefícios trabalhistas.

Como mandar o currículo para a Latasa Reciclagem?

Ela tem o Trabalhe Conosco em http://www.latasa.ind.br/pt/contato/trabalhe-conosco, além de a aba Fale Conosco também ter “Envio de currículos” dentre as possibilidades. Pode-se deixa-lo pessoalmente na Avenida Guilherme Cotching, na Vila Mariana.


 



Deixe um Comentário: