Trabalhar nas Lojas Calci – Empregos

Começando no ano de 1975, as Lojas Calci são uma empresa de calçados que, no início, constituíam a Calçados Colombo. Quando ela foi criada, a ideia era que a sua venda fosse de produtos produzidos de forma caseira no Estado do Rio Grande do Sul.

Dez anos depois, a companhia já tinha aumentado sensivelmente de demanda e, no final da década de 90, já estava com cinco unidades. Nos anos 2000, a empresa conseguiu acumular mais clientes devido à disponibilização das vendas a prazo, que foram uma característica importante desse começo de milênio.

Até o ano de 2013, o nome oficial ainda era Calçados Colombo, passando a ser Lojas Calci nesse ano, com sua primeira unidade situada em Caxias do Sul. Ainda em 2013, essa marca de calçados consegue um grande investidor, que é o Grupo ZARP. No ano de 2017, ela criou a sua própria linha de calçados, que era exclusiva também e desejada há muito tempo.

Além dessa sua linha exclusiva, os calçados de várias marcas reconhecidas são vendidos nas suas lojas, como All Star, Modare, Novo Pé, Bottero, Rafitthy, Tanara e a Kolosh. Os produtos que as Lojas Calci disponibilizam podem ser de tecidos diversos, havendo até mesmo tênis de vinil, sapatos sociais clássicos e muito mais.

As cidades com lojas dessa marca são Alvorada, Encantado, Farroupilha, Lagoa Vermelha, Novo Hamburgo, Progresso, Sapucaia do Sul, Viamão, Foz do Iguaçu, Passo Fundo, Caxias do Sul, Esteio, Gravataí, Lajeado, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Dourados, Campo Mourão e Ijuí.

Por que tentar uma vaga nas Lojas Calci?

Os funcionários têm plano de carreira e o segmento de calçados é sempre muito movimentado: afinal, as pessoas não somente compram sapatos para si mesmas como para presentear.

Como mandar um currículo para as Lojas Calci

Para os currículos serem cadastrados nessa loja, deve-se usar a página http://www.lojascalci.com.br/trabalhe-conosco/, anexando-os e fornecendo às Lojas Calci os dados necessários para contato. Além dessa forma de se candidatar, os trabalhadores têm a possibilidade de levar os currículos às lojas.




Comentar