Vagas de emprego em museus – Como conseguir?

Trabalhar em museus é uma ótima escolha para quem pretende seguir na carreira de Humanas, especialmente exercendo funções que se relacionem às Artes e ao Ensino. Para ajudar, o Brasil tem uma quantidade bem expressiva de museus e, por isso, a chance de conseguir uma vaga em um deles fica mais ampla.

As posições profissionais disponíveis nos museus são bem diversificadas e podem ser para a parte administrativa, para a recepção do público, para a organização de exposições e de acervo, etc. A respeito de como conseguir vagas de emprego em museus, vale esclarecer que nem sempre é preciso um concurso público.

Emprego em museu – com ou sem concurso?

Normalmente, as vagas de estágio nos museus brasileiros dispensam a realização de concurso, como acontece na Pinacoteca de São Paulo: em vez disso, o candidato tem de enviar um currículo via e-mail e aguardar. Outro meio de os museus selecionarem estagiários e aprendizes é por meio do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE): https://portal.ciee.org.br/.

Por outro lado, há alguns museus que realizam concurso público sempre que precisam preencher alguma vaga; isso depende da administração estadual. Cabe ressaltar, no entanto, que uma parte expressiva das vagas oferecias via concurso público é efetiva.

Como conseguir emprego em museu

A primeira providência é acessar o site de cada museu e procurar pela área de “Carreiras” ou similares; ali são indicadas as formas de ingressar como funcionário. Outra forma é se cadastrando no CIEE, mas ele é mais eficiente para quem ainda estuda (em qualquer nível) ou tem pouco tempo de formado.

Alguns museus que oferecem as vagas de empregos online

    • Museu da arte Sacra: http://museuartesacra.org.br/museu/gestao/trabalhe-conosco/
    • MASP: https://masp.org.br/sobre/trabalhe-conosco
    • Museu da casa Brasileira: https://mcb.org.br/pt/museu/trabalhe-no-mcb/
    • Museu Afro Brasil: http://www.museuafrobrasil.org.br/fale-conosco/trabalhe-conosco

Também é indicado acompanhar a divulgação de concursos públicos; para isso, deve-se ficar atento aos sites especializados. Importante dizer que nenhum museu recebe currículo impresso, a menos que isso seja indicado na descrição do processo seletivo.

Conhecimentos extras costumam ser importantes

As chances de conseguir trabalhar em um museu ficam maiores quando o candidato conhece o pacote Office. Para algumas funções, pode ser atrativo para o museu que a pessoa fale algum idioma estrangeiro.




Comentar