Vagas de Emprego na Verallia Embalagens de vidro

A Verallia é uma empresa que fabrica vidros parra envase de alimentos. Fundada em 2015, ela tem fábricas em outros 10 países além do Brasil e seus produtos são ideais para quem vende salada em potes, conservas e outros alimentos parecidos. Mesmo com quatro anos de existência apenas, ela já tem 10.000 clientes e usa três fornos, em território nacional.

Até o momento, a empresa já fabricou quase 850.000.000 de vidros para embalagem de alimentos. Já nas suas unidades estrangeiras, ela soma 57 fornos e emprega 10.000 pessoas.

O catálogo de produtos da Verallia pode ser encontrado no site da empresa e inclui vidros para cervejas. Os vidros utilizados por ela para a fabricação das embalagens têm como vantagens o fato de não interferir no sabor das bebidas e alimentos e poder ser reciclável. Além disso, muitas empresas acreditam que o visual dos seus produtos fica melhor quando são embalados com vidro.

As matérias primas usadas pela Verallia para a fabricação dos vidros são soda na forma de carbonato de sódio, itens de coloração, areia e calcário. A empresa também faz coleta de vidros, de modo agendado; o serviço se chama Radar Verallia e é mais fácil acompanhar as cargas.

Vale a pena trabalhar na Verallia?

Os funcionários da empresa destacam a postura correta na hora de remunerar e pagar os direitos, oferecendo refeição no local. O trabalhador também conta com participação nos lucros e vale transporte, com uma excelente cultura corporativa.

Além das qualidades específicas da empresa, o próprio setor que ela atende a torna uma boa opção para carreiras: os vidros são essenciais na área de bebidas e alimentos e, com tantos consumidores, esse setor não se esgota.

Como enviar um currículo para a Verallia

O currículo deve ser enviado para [email protected], destacando-se que o assunto precisa trazer a unidade e o setor de interesse. As unidades nacionais da Verallia estão nos municípios de Jacutinga (Minas Gerais), Campo Bom (Rio Grande do Sul), São Paulo capital (sede) e Porto Ferreira (São Paulo).




Comentar