Vagas de Emprego para  Operador Colheitadeira 

As colheitadeiras são grandes equipamentos que os agricultores utilizam para que diversos tipos de grãos sejam colhidos. Com esse aparelho, uma quantidade maior deles pode ser recolhida e sem ser necessários tantos colaboradores: é preciso de um indivíduo para dirigir essa colheitadeira e mais alguns para organizar a produção.

É mais recorrente que essas pessoas sejam contratadas nas zonas rurais, já que é ali que está a maior parte das produções agrícolas. Os indivíduos que têm essa profissão precisam de Carteira Nacional de Habilitação em categorias como a D ou a C, além de serem treinados, já que um atropelamento com esse equipamento ou uma queda dele é perigoso.

Geralmente, o operador de colheitadeira realiza um curso e têm jornada profissional variada e muitos têm R$ 2.000,00 como salários. Caso o cidadão queira comprar a sua colheitadeira e prestar serviços para os agricultores, ele pode estabelecer uma remuneração diferente e também outra carga horária. Há até os proprietários desse equipamento que escolhem aluga-lo.

Oportunidades

Um modo simples para os operadores saberem dessas vagas é procurando as companhias que trabalham com grãos: ainda que elas sejam em regiões urbanas, podem ter plantações próprias em diferentes lugares e, por isso, necessitar de alguém que utilize a colheitadeira.

As cooperativas de produtores são outra ferramenta para quem deseja esse tipo de função profissional. É verdade que as cooperativas não funcionam como agências de emprego, mas os colaboradores de lá podem saber de propriedades que estão recrutando. Aliás, as agências de emprego podem indicar a esses trabalhadores algum contratante por intermédio do cadastro de currículo.

Diversos operadores de colheitadeiras são procurados com o Portal Emprega Brasil: https://empregabrasil.mte.gov.br/. Nesse site, essas pessoas determinam a região que seriam possíveis, de acordo com sua capacidade de transporte.

Os operadores de colheitadeira podem contatar quem precisa desse tipo de funcionário com o Sistema Nacional de Empregos (SINE). Primeiro, esse trabalhador vai escolher a filial mais perto e levar os documentos pessoais; depois, ele poderá informar-se sobre as oportunidades pelo aplicativo ou pelos painéis físicos.