Vagas de Emprego para Sapateiro

O sapateiro é o profissional que faz a confecção dos calçados e que trata ainda dos seus reparos. Esses trabalhadores conseguem fazer sapatos para qualquer número e com detalhes diversos: quando um estilista pensa em um calçado, é o sapateiro da confecção que o transforma em um item palpável.

Dentre os reparos que eles fazem está a troca de salto e o conserto de fechos, assim como a troca de sola e o conserto quando alguma costura é desfeita. O bom sapateiro sabe lidar com uma série de materiais, podendo reparar ou fazer desde os calçados mais chiques até os tênis e outros.

Há cursos para as pessoas que querem atuar com sapatos. Geralmente, eles ensinam instalação de antiderrapantes, ferramentas de trabalho, botão de pressão, consertos, ilhóes, atendimento ao cliente e forração de sapatos. Além de os estudantes desses cursos terem diversas aulas práticas, eles também possuem um tempo importante de estágio para saber como os calçados são feitos e como são consertados.

Essas pessoas trabalham nas fábricas e também nas confecções menores: como dito, até os designers mais conhecidos precisam de um sapateiro para que os calçados projetados sejam feitos. Além disso, existem muitos pequenos empresários que possuem sapatarias.

Oportunidades

Essas profissões que são mais velhas tendem a ser colocadas nas procuras das agências de emprego. Por isso, vale a pena pedir nas bancas de jornal as listas desses estabelecimentos e levar um currículo, mantendo-o cadastrado também virtualmente.

As chances para ser sapateiro são enumeradas pelo Portal Emprega Brasil: https://empregabrasil.mte.gov.br/, no qual se escreve essa profissão e clica-se na localidade desejada.

Buscar sapatarias pessoalmente para deixar o currículo, assim como as empresas específicas de sapatos ou que os têm em sua confecção, é algo com bom retorno.

No caso das sapatarias, é mais simples de os profissionais irem: é só basear-se no seu expediente. Já para as empresas, é interessante comunicar-se antes usando um e-mail ou ligando: com isso, pergunta-se se existe uma portaria específica para pegar os currículos ou algum funcionário especial a procurar.