Vagas de emprego SINE em Apodi – RN Hoje

Com o apelido de “Terra dos Índios Tapuias Paiacus” a cidade de Apodié encontrada no Rio Grande do Norte, a 339 quilômetros de Natal. Possuindo clima semiárido, ela foi fundada no ano de 1680 e é um dos municípios mais velhos do Brasil.

Ele tem divisa com Felipe Guerra, Potiretama e Severino Melo, com médio Índice de Desenvolvimento Humano e 1.602 quilômetros quadrados de área. Pouco mais de 88% dos ganhos apodienses é oriundo de fora da cidade e há 35.800 moradores.

Setores com mais oportunidades em Apodi

Criar cabeças de gado é uma das atividades mais lucrativas em Apodi e, por isso, são muitos os empresários do setor e os trabalhadores contratados. Dentre os animais mais criados, estão os ovinos, os equinos e as vacas, sem contar que a cidade tem ampla produção agrícola: são plantados arroz, coco-da-baía, mamão, algodão, cana de açúcar, limão, milho e muito mais. A região apodiense recebe diversos turistas regularmente, com destaque para o seu Sítio Arqueológico do Lajedo da Soledade.

Vagas no SINE Apodi

O SINE, que é o Sistema Nacional de Empregos, é um tipo de banco de talentos e de oportunidades que funciona no Brasil todo. Basta o documento pessoal (e, se possível, um currículo) para que a pessoa se cadastre e consiga concorrer a diversas oportunidades.

As vagas novas que estiverem disponíveis serão publicadas em painéis, aos quais os profissionais apodienses têm acesso librado. Eles também podem usar o app SINE Fácil, que é levado à população pelo Portal Emprega Brasil (https://empregabrasil.mte.gov.br/)e pelas lojas de aplicativo.

Salienta-se, porém, que só os trabalhadores de Apodi que foram pessoalmente ao SINE podem usar o app. Com relação ao Portal Emprega Brasil, é importante lembrar que é possível consultar oportunidades diretamente nele, inserindo qualquer profissão no quadro “trabalhador”.

Como localizar o SINE de Apodi RN

Os apodienses podem ir à Avenida Marechal Floriano Peixoto, número 20; o telefone não é publicado, mas a Prefeitura pode fornecê-lo, para perguntar, liga-se (84) 3333 3609.






Comentar