Vagas de jovem aprendiz PCD 2019

O programa Jovem Aprendiz é aplicado pelo setor de Recursos Humanos de empresas em todo o país (menos pelas microempresas, nas quais o número de funcionários é bem reduzido). A garantia de que as corporações aceitem pessoas que ainda estão na educação básica vem da Lei de Aprendizagem, cuja função social é clara: assegurar a oportunidade de início de carreira para quem tem pouca ou nenhuma qualificação.

Contudo, vale ressaltar que há programa de jovem aprendiz PCD também: por intermédio dele, os estudantes da educação básica que portem diversas formas de deficiência também concorrem às vagas.

Como é a contratação jovem aprendiz PCD

O jovem aprendiz PCD é escolhido considerando o nível de deficiência do estudante e as exigências do posto de trabalho. Um indivíduo que tenha severa dificuldade de fala, por exemplo, não poderá ficar no atendimento ao cliente, mas é possível que ele trabalhe como jovem aprendiz na seção de estoque.

Devido a isso, quem se candidata a jovem aprendiz PCD 2019 deve consultar quais são as deficiências compatíveis com a vaga em questão e elas sempre são listadas no anúncio pela empresa.

Sobre o regime de trabalho, tem-se carga horária de 30h por semana, aproximadamente, e recolhimento de INSS. O estudante tem um salário pequeno (geralmente, não ultrapassa R$ 600,00, mas as empresas concedem vale transporte e vale refeição.

O contrato de jovem aprendiz PCD 2019 pode ter tempo diverso de duração e a empresa também pode transformar essa contratação em efetiva.

Exigências para o jovem aprendiz PCD 2019

O jovem aprendiz PCD precisa estudar o ensino fundamental ou médio em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Conhecimentos de Informática e idiomas não são obrigatórios e é preciso ter de 14 a 24 anos.

Vagas de jovem aprendiz PCD 2019

Os estudantes têm a opção de ir ao site do CIEE, ressaltando-se que é preciso assinalar a região na parte superior: https://portal.ciee.org.br/. Além disso, eles podem inserir “Vagas jovem aprendiz PCD” no buscador do Google.






Comentar