Empregos

Vagas de Social Media em 2024: quanto ganha um analista de redes sociais?

Já não é de hoje que inúmeras pessoas usam as redes sociais para se manter em contato e interagir com amigos, familiares e diversas comunidades. No entanto, quando falamos de empresas, as corporações usam os perfis nas diferentes plataformas para comercializar e promover seus produtos, além de se comunicar diretamente com seus clientes. E é justamente neste segundo cenário que se encaixam os profissionais chamados de Social Media.

Conforme o número de internautas aumenta nas redes, as companhias aproveitam para encontrar novos clientes em potencial por meio destes canais. Por conta disso, diversas empresas estão adicionando o trabalho com redes sociais à sua estratégia de marketing e, consequentemente, empregando profissionais para trabalhar produzindo conteúdos digitais.

O que é um Social Media?

Social Media é a nomenclatura dada para descrever qualquer profissional de marketing encarregado de desenvolver estratégias e conteúdos para perfis de redes sociais. Outro nome vinculado à profissão é analista de redes sociais.

Independentemente da “alcunha”, o Social Media pode cumprir diversos papéis em uma empresa, desde os mais operacionais aos mais estratégicos. As alterações constantes das plataformas acabam exigindo essa polivalência, tendo em vista que muitas vezes demandam uma adaptação rápida para que os perfis sigam relevantes no meio digital.

Em outras palavras, o grande objetivo das corporações que almejam marcar presença nas mídias sociais é garantir um fluxo constante de clientes. Para isso, tanto a alta cúpula quanto o Social Media precisam criar e executar uma estratégia de marketing que envolve o foco no seu público-alvo.

Rotina de um profissional da área

  • 1. Planejamento de conteúdo

Para organizar a rotina de gestão das redes sociais, o Social Media precisa ter um plano claro, destacando as etapas que fazem parte do processo e o peso de cada uma delas. A organização pode variar de acordo com a equipe e a estrutura de trabalho disponível. Todavia, cabe ao profissional fazer os redirecionamentos com base no que foi decidido em reunião.

  • 2. Criação de conteúdo

O processo de criação pode ser realizado quinzenalmente, por conta deste dois motivos: o primeiro é o que Social Media consegue dividir as atividades de ideação e produção em semanas diferentes, o que deixa a rotina menos pesada; já o segundo se dá pela possibilidade de trabalhar com o conteúdo rotineiro de forma antecipada, evitando a falta de publicações diante de imprevistos.

  • 3. Monitoramento

Estar por dentro de tudo que está acontecendo na área, nos concorrentes e quais são as notícias do momento. Esse é o trabalho de monitoramento de um Social Media, sendo tão importante quanto criar conteúdos relevantes para sua audiência.

  • 5. Análise de resultados

Para isso, é preciso ter como parte da sua rotina a gestão de redes sociais. O ideal é que você determine os tipos de análises que serão feitas e qual a periodicidade de cada um deles. Como por exemplo os formatos, dias e horários, categorias, comparativos mensais e anuais, performance quinzenal, entre outros.

Média salarial

De acordo com a plataforma Glassdoor, no Brasil, o salário médio de um Social Media é de R$ 2.000. Porém, como é de se imaginar, existem profissionais que recebem valores muito mais altos que a média, uma vez que ocupam cargos mais importantes em companhias e agências de marketing digital.

Bruno Gama

Jornalista do Vagas Abertas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo