Vale a pena se cadastrar em sites pagos de empregos?

A busca por empregos é o motivo para muitos brasileiros acessarem a Internet e não faltam sites pagos de emprego nos quais se tem a promessa de muito mais opções de vagas.

Diversos trabalhadores realmente assinam os planos de serviços desses sites e, infelizmente, não conseguem nenhuma entrevista de emprego, enquanto os usuários dos sites gratuitos são contratados. A situação acima faz com que se questione se vale a pena se cadastrar em sites pagos de empregos e isso será respondido agora.

Depende da necessidade do profissional

A primeira coisa a ter em mente é que os sites pagos de emprego não são baratos: muitos deles cobram a partir dos R$ 60,00, o que é uma quantia alta para quem está sem trabalho e precisando controlar o orçamento.

Dessa forma, quem não tem urgência em conseguir outro emprego ou está bem amparado financeiramente pode ter muita vantagem ao usar os sites pagos. Contudo, eles não valem a pena para quem está precisando economizar.

Sites pagos de emprego não garantem as entrevistas

O que foi mencionado na abertura do artigo é uma realidade fácil se de comprovar: milhares de usuários dos sites pagos de emprego reclamam que não são convidados nem mesmo para uma entrevista. Isso porque não basta ter um perfil alavancado pelo site pago: é necessário que ele seja bem escrito e interessante para o recrutador.

Por exemplo: se o trabalhador não preenche completamente o seu cadastro, coloca uma foto informal demais nesse perfil ou simplesmente não tem qualificações, não adiantará usar site pago de emprego.

É importante lembrar que muitas das pessoas que encontraram emprego usando a Internet não pagaram nada: bastou para elas utilizar de forma eficiente os recursos gratuitos dos sites de vagas.

Como utilizar bem os sites gratuitos de emprego

 

  • Acessando-os diariamente e mais de uma vez ao dia;
  • Configurando os avisos de vagas, de acordo com o perfil;
  • Mantendo os dados de contato e o perfil atualizados;
  • Usando todas as ferramentas de busca





Comentar